A Luta

SIMERS reivindica mais patrulhamento no PA Bom Jesus

25/01/2016 07:54

160122_Reunião dr Bonow, Guarda Municipal e Sec Segurança POA_Juliane Soska (4) O Sindicato Médico do RS (SIMERS) entregou na sexta-feira (22) ofício ao secretário adjunto de segurança de Porto Alegre, João Helbio, reivindicando a permanência armada da Guarda Municipal no Pronto Atendimento Bom Jesus. A medida busca minimizar a insegurança gerada pelo conflito iminente na região do posto, que recebeu, na semana passada, vítimas dos confrontos entre facções e traficantes. O diretor do SIMERS, Germano Bonow, conversou também com o comandante geral da Guarda Municipal, Luiz Antônio Pithan, e expos a preocupação com a segurança dos médicos, funcionários e pacientes, diante de um cenário de guerra instalado na vila Bom Jesus. “A ideia é garantir a tranquilidade dos trabalhadores deste local, especialmente nesse momento de disputa entre as gangues”, disse ele. Helbio respondeu que o setor está fazendo rondas com mais frequência, mantém contato direto entre os guardas por meio de mensagens instantâneas e atendendo aos chamados nas regiões vulneráveis com agilidade. Também garantiu que irá avaliar outras ações, como o deslocamento de uma guarnição localizada nas imediações. Questionado sobre o botão de pânico a ser instalado nos postos de saúde da capital, o comandante da Guarda assegurou que o dispositivo deve estar funcionando até março.
SEGUROS