Defesa

Simers reúne entidades médicas e hospitais para discutir a situação do IPE Saúde

18/04/2022 16:26

O presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Marcos Rovinski, coordenou reunião das entidades médicas, diretores clínicos de hospitais, para discutir a situação do IPE Saúde, nesta quarta-feira, 14. A crise do Instituto, a atualização das remunerações dos médicos e a valorização da categoria nortearam o encontro, realizado na sede do Sindicato.

No encontro, foi elaborado um documento para apontar as principais reivindicações e descontentamento das entidades em relação à autarquia, cujo déficit ultrapassa 500 milhões. De acordo com o presidente do Simers, é dever do Estado garantir ao funcionário público o plano de saúde, assim como da Secretaria da Fazenda em prover o suporte necessário para reverter o rombo nos cofres do IPE.

“Nosso objetivo foi garantir um alinhamento entre os profissionais e também os hospitais, sobre a necessidade de uma posição transparente, com propostas objetivas do IPE Saúde frente à defasagem de 11 anos dos honorários médicos”, afirma o presidente do Simers.

Entre as pautas levantadas pelo Sindicato, está a reposição dos honorários de procedimentos médicos e hospitalares, iniciando em 35% da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM). Além disso, também se propõe a livre negociação com os médicos, a exemplo da cobrança de disponibilidade para os obstetras.

Participaram representantes da AMRIGS e do CREMERS, além da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Rio Grande do Sul, a Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do RS (Fehosul), dos hospitais Hernesto Dorneles, Divina Providência, Banco de Olhos e da Brigada Militar, e o deputado estadual Thiago Duarte, presidente da Frente Parlamentar em Defesa do IPE/Saúde.

SEGUROS