A Luta

SIMERS cobra ações de segurança e infraestrutura no PA Bom Jesus

19/06/2017 19:29

Atendendo a pressão do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS), o Executivo municipal confirmou a compra de câmeras para reforçar a segurança no interior e entorno
Foto: Divulgação/SIMERS
Foto: Divulgação/SIMERS
dos Pronto Atendimentos da Capital. Foi durante reunião, na manhã desta segunda-feira (19), na Secretaria Municipal da Saúde, entre o coordenador de Urgência e Emergência da Capital, Marco Schitz, e representante do SIMERS. Segundo Schitz, deverão ser adquiridas 11 câmeras de vídeo monitoramento. A prefeitura fará a avaliação dos locais de instalação dos equipamentos e providenciará a compra dos equipamentos. Além de aparelhos para segurança do prédio e entorno, a infraestrutura no atendimento é outra preocupação da classe médica. Para o diretor do SIMERS Fábio Gatti, pediatra do Pronto Atendimento Bom Jesus, a superlotação é preocupante, principalmente, no inverno. “Temos que estar atentos porque toda a superlotação gera espera, essa espera causa aflição, e essa aflição se transforma em violência por parte da população”, ressalta Gatti. O diretor do SIMERS aproveitou a oportunidade e pediu mais três médicos clínicos toda a semana, a partir das 00h no PA Bom Jesus.
SEGUROS