A Medicina

SIMERS amplia ação contra Aedes em Ijuí, Santo Ângelo e Santa Cruz do Sul

26/01/2016 21:14

Entrega panfletos campanha Rs contra Aedes delegado regional Simers Renato Marchant governador em exercício José Cairoli secretário João Gabbardo dos Reis
Delegado do SIMERS em Ijuí (direita) entrega panfletos ao governador em exercício
O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) reforça a cada dia a munição dos gaúchos na guerra contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. Panfletos da campanha RS contra Aedes, que esclarece sobre prevenção ao mosquito e as doenças, chegaram a Ijuí e Santa Cruz do Sul nesta terça-feira (26), e em Santo Ângelo nesta quarta-feira (27). Representantes do SIMERS entregaram os materiais em Ijuí a autoridades, entre elas o governador em exercício, José Cairoli, e o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis. Nos outros dois municípios, o material foi repassado a gestores da área da saúde. Ijuí - Evento foi realizado no campus da Unijui. O delegado regional do SIMERS, o médico Renan Marchant, entregou oficialmente os informativos da campanha ao governador em exercício do Estado e Gabbardo. O enfoque da ação é a conscientização nos municípios do Noroeste, região com a maior infestação de Aedes no Estado. Santa Rosa foi a primeira cidade a receber 10 mil informativos, na semana passada. Agentes comunitários de saúde distribuirão os materiais à população nas visitas às residências. "Não é uma simples ação do Sindicato, do governo do Estado ou do governo federal. É uma ação de conscientização que deve atingir e também partir de toda a sociedade, para que todos tenham o engajamento de alertar os amigos, vizinhos, familiares, enfim, todos que possam criar uma rede de combate ao mosquito que transmite doenças tão graves e com consequências tão sérias para a sociedade", disse Renan Marchant. "Precisamos combate o mosquito como se vai para uma guerra. Estamos vendo as doenças transmitidas pelo Aedes se espalharem pelo mundo e temos de ter ações efetivas para acabar com o mosquito, não só fazer de conta, é necessária a pró-atividade", completou o delegado. O SIMERS firmou parcerias com a Secretaria Estadual da Saúde (SES) e com secretarias de saúde de prefeituras de municípios da região, com o intuito de apoiar as ações estratégicas da campanha contra o Aedes. Para a secretaria de saúde de Ijuí foram entregues outros 10 mil panfletos, que também serão distribuídos nas estruturas mantidas pela rede municipal de saúde, principalmente no trabalho de atenção básica realizado em bairros do município. “Estamos percorrendo as cidades do interior e distribuindo gratuitamente esse material. São panfletos com informações muito simples, mas também muito importantes para combater esse inimigo tão pequeno que é o mosquito, e que pode trazer problemas tão grandes às nossas comunidades”, afirmou o advogado do Sindicato Enrico Thiesser. Cartazes também estão sendo distribuídos para auxiliar no alerta a mais moradores.
DSC_1022
Entrega foi na secretaria de Saúde. Foto: Lula Helfer/Gazeta do Sul
Santa Cruz do Sul - Em Santa Cruz do Sul, o evento ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Saúde. O delegado regional do SIMERS no município, Daniel Boessio, fez a entrega dos kits da campanha ao secretário Henrique Hermany. O material disponibilizado pelo Simers será distribuído em postos de saúde, farmácias e serviços de saúde em geral. "Se não houver ação social, ou seja, a participação efetiva das pessoas no combate, de nada adiantarão as iniciativas do Estado e da Prefeitura", afirmou Boessio. Em Santa Cruz, segundo explicou o secretário Harmany, já havia um material similar que vinha sendo distribuído desde o final de dezembro. Para a campanha “Guerra Contra o Mosquito”, efetivada pela Secretaria Municipal da Saúde, foram distribuídos folders com instruções de prevenção também, mas o foco maior era na dengue. No entanto, ressaltou que a iniciativa do SIMERS é benéfica. “No ano passado, tivemos oito focos do mosquito, mas todos foram erradicados, não chegando a causar ameaça à população. Neste ano, até o momento não encontramos nenhum foco. A campanha é importante para reforçar a prevenção”, disse. Santo Ângelo -  A entrega do material que esclarece sobre a importância do combate ao mosquito Aedes aegipty ocorreu nesta quarta-feira (27) pela manhã, na sede da Secretaria Municipal de Saúde. Os foram entregues pelo advogado do Sindicato, Enrico Thiessen, ao secretário municipal de Saúde, André Kissel e à vice-­prefeita Nara Damião. Conforme Tiessen, o SIMERS está entregando o material aos municípios para que seja distribuido em postos de saúde. Além de cartazes, cerca de 10 mil flayers foram entregues em Santo Ângelo. "Queremos fazer essa distribuição em todo o Estado. Nesse material estão informações bem claras do que deve ser feito para evitar a proliferação do mosquito através de medidas simples. Começamos aqui pelo Noroeste do Estado por ser a região com maior incidência do Aedes aegypti", explicou o advogado. Durante o encontro, além de combinarem sobre a distribuição dos informativos, eles também debateram sobre o momento de enfrentamento do município em relação ao Aedes aegypti. "Vivemos uma situação em que a comunidade percebeu que precisa fazer sua parte. No ano passado, nesta mesma época, estávamos com um índice de infestação de 10%, hoje está em 2,23%. Isso é resultado das ações que já realizamos e da conscientização da população, que está começando a acontecer", destacou André Kissel. A vice-­prefeita Nara Damião agradeceu ao Sindicado Médico pelo material e afirmou que apenas com a união entre os órgãos é que se faz possível vencer a luta contra o mosquito. "Nós, juntos com o SIMERS, com o governo do Estado e com toda a comunidade podemos combater o transmissor dessas doença. Para isso, é preciso que a população tenha consciência do seu papel. Esse informativo que recebemos hoje está muito bem constituído porque possui uma liguagem simples, que facilita a leitura do cidadão".
SEGUROS