A Luta

Para SIMERS, cobrança de pacientes em atendimento ao SUS é crime

06/03/2017 12:49

Com relação às investigações da Polícia Federal em Itaqui (RS), divulgadas na manhã de segunda-feira (6), o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) manifesta que devem ser atendidos os princípios legais de presunção de inocência e direito à defesa. Entretanto, caso comprovado que houve efetivamente essa cobrança dos pacientes, em atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS), os responsáveis devem ser punidos, na forma da lei.
SEGUROS