Defesa

Simers debate reajustes para credenciados do IPE Saúde

25/02/2022 09:46


Desde 2011, o Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Rio Grande do Sul (IPE Saúde) não reajusta os valores de procedimentos hospitalares. Já as remunerações de consultas estão sem correção há cinco anos. Por essa razão, o Sindicado Médico do Rio Grande do Sul (Simers) promoveu reunião na noite desta quinta-feira, 24, conduzida pelo presidente da entidade, Marcos Rovinski, e pelo vice-presidente, Marcelo Matias, com a participação de cerca de 50 médicos credenciados.

 
Com o objetivo de acelerar a avaliação de uma dinâmica que viabilize repor a inflação e adequar os valores ao mercado, tornando-os mais atrativos aos médicos, o encontro debateu as percepções destes profissionais e elaborar estratégias de negociação com a instituição. O valor praticado para consultas realizadas por profissionais credenciados como Pessoa Física é de R$ 62 e para os credenciados como Pessoa Jurídica é de R$ 90.


“Estamos tentando negociar há um bom tempo. No ano passado, apresentamos proposta de reajuste com deflator de 50%. Mesmo assim, os valores estão tão defasados, que não conseguimos chegar a um acordo viável para ambos os lados. Agora, temos de pensar em conjunto sobre como agir de forma assertiva e resolver esta questão crucial”, destaca Rovinski, ao acrescentar que na próxima semana o Simers fará nova reunião com o presidente ds autarquia Júlio Ruivo administração do IPE para dar seguimento à mediação.

SEGUROS