A Vida

Simers vacina 70% mais médicos

30/05/2019



Campanha da entidade aplicou 1,8 mil doses da vacina contra gripe

Com um aumento de mais de 70% de doses aplicadas em relação ao ano anterior, a campanha de vacinação contra a gripe do Simers em 2019 foi um sucesso. Mais do que isso, comprova a confiança da categoria nos serviços oferecidos pela entidade e demonstra a preocupação dos profissionais com a sua saúde e do coletivo. 

A edição deste ano foi encerrada com a aplicação de 1.800 doses da vacina tetravalente em médicos e seus dependentes – outro diferencial oferecido pelo Simers para que os profissionais também assegurem a imunização dos seus familiares. 

“Enquanto nenhum estado brasileiro atingiu a meta vacinação e o Rio Grande do Sul ficou entre os dez com menor cobertura vacinal, o Simers vacinou 70% mais pessoas do que o ano passado. É o fruto do trabalho do Simers, do horário estendido disponibilizado aos médicos e da sensibilização da nossa população alvo sobre a importância da vacina”, destacou o presidente do Simers, Marcelo Matias.

  

Facilidade e proteção para o associado Simers 

Facilitar o dia a dia do médico é uma das bandeiras do Simers. E isso não é diferente quando falamos de saúde. Por isso, a vacina da gripe foi oferecida pelo valor de R$ 60 – abaixo do praticado no mercado. Além disso, as condições garantidas pelo Simers, como agilidade na aplicação da vacina, segurança do ambiente e até mesmo o horário estendido para assegurar que mais profissionais tivessem acesso à imunização foram reconhecidas por quem buscou o serviço. É o caso da médica Alessandra Ferrari, que se vacinou durante o dia, mas assegurou que seu marido e sua filha também se vacinassem à noite. “Fui muito bem atendida. A vacinação foi tranquila e o horário estendido facilitou nossa rotina”, relata. 

A confiança também é fator determinante para quem se vacina no Simers, como conta o sócio Roberto Angeli. “Faço a vacina há muitos anos no Simers, sempre na primeira semana. Poderia fazer em outro lugar, mas tenho confiança no Sindicato. Além disso, a comodidade do local faz diferença”, disse. 



SEGUROS