Defesa

Simers investiga denúncia de fechamento da emergência do Hospital Santo Antônio para pacientes do SUS

26/09/2019


Denúncias recebidas pelo Simers dão conta de que, a partir de outubro, a emergência do Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA) deixará de atender pacientes do SUS. Profissionais que atuam na instituição já teriam sido informados que apenas pacientes de convênios e referenciados (encaminhados por outros hospitais) serão atendidos na instituição, que integra a Santa Casa de Porto Alegre.

Em reunião do setor de Pediatria da Santa Casa, os profissionais teriam sido orientados a encaminhar os pacientes para outras unidades de saúde, pois o HCSA deixará de prestar atendimentos pelo SUS na emergência. Isto significa que os pacientes não terão mais acesso direto ao hospital, uma vez que a casa de saúde só aceitará crianças transferidas para internação hospitalar.

 “A se confirmar esta informação, mais uma vez a saúde de Porto Alegre toma decisões precipitadas, sem consultar os serviços de controle social, os profissionais de saúde e sem informar adequadamente a população sobre tão importante mudança”, afirma o presidente do Simers, Marcelo Matias.

O dirigente destaca ainda que o eventual fechamento da emergência do Santo Antônio para pacientes SUS, no momento em que a atenção básica em saúde na capital apresenta severas deficiências, representará ainda mais prejuízos à população.

SEGUROS