Na Defesa

Simers denuncia risco de contaminação no HU de Canoas

27/08/2019


O Simers recebeu, no início da tarde desta terça-feira (27), imagens que comprovam o vazamento de água no segundo andar do Hospital Universitário de Canoas. Segundo as informações obtidas, o escoamento ocorreu no andar no qual está localizado o laboratório e o banco de sangue da instituição e se alastrou para o piso inferior, onde fica um restaurante. 

Além dos transtornos causados pelo vazamento, o Simers denuncia o risco de exposição a agentes infectocontagiosos aos trabalhadores, pacientes e familiares que circulam pelo hospital. Há informações de que a água vazada possui mau cheiro, indicando que pode ser oriunda de esgoto. 

“O fato é mais um exemplo do descaso da gestão de Canoas com a saúde do município. Desde janeiro, o Simers vem denunciando a grave crise na saúde canoense. Buscamos o diálogo e a negociação com a administração municipal, que é responsável, entre outras instituições, pelo HU. É urgente a adoção de medidas que solucionem os problemas como o ocorrido hoje”, destaca o presidente do Simers, Marcelo Matias.


SEGUROS