Defesa

Simers e Cremers atuarão em conjunto para denunciar violações à Lei do Ato Médico

04/10/2019


Duas das principais entidades médicas do Rio Grande do Sul unirão esforços para apurar e denunciar a realização de atividades de competência exclusiva de médicos por profissionais de outras áreas. Simers e Cremers deverão compartilhar informações e articular ações conjuntas para garantir o cumprimento da Lei do Ato Médico.

A parceria foi alinhada em um encontro realizado nesta quarta-feira (02/10) entre os presidentes Marcelo Matias, do Simers, e Eduardo Trindade, do Cremers. Ambas entidades mantêm ferramentas para receber denúncias de violações da Lei do Ato Médico. Os relatos coletados deverão ser compartilhados e avaliados em conjunto, visando a realização de ações complementares.

“Trata-se de uma cooperação que nos permitirá cercar os responsáveis por estas irregularidades, denunciando-os e responsabilizando-os junto a órgãos como a Ministério Público”, destaca Marcelo Matias.

A ideia é que as entidades mantenham uma atuação complementar. Nas situações em que uma das entidades não puder atuar por uma questão de competência, por exemplo, a outra é acionada, garantindo o atendimento a todas as denúncias.


Canal de denúncias do Simers

O Canal de Denúncias do Ato Médico do Simers permite que qualquer pessoa denuncie situações em que houver suspeita de que profissionais de outras áreas estejam realizando atos privativos de médico. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

A denúncia é feita de forma online, por meio do site. Além do relato pelo canal, é possível enviar outros materiais, como fotos e vídeos pelo email atomedico@simers.org.br.

SEGUROS