A Luta

Simers constata problemas no Samu estadual e convoca reunião com médicos

05/02/2019

Os problemas constatados pela direção do Simers no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Estado motivaram uma reunião nesta semana com os médicos que atuam no serviço. O encontro será nesta quarta-feira, às 19h, na sede do sindicato. Entre os temas que serão abordados estão: condições de trabalho, escalas de plantão e carga horária. As propostas apresentadas deverão ser levadas à diretoria do Samu. 

Na semana passada, o diretor do Simers Guilherme Peterson visitou a sede do serviço, localizada no bairro Partenon, na Capital, e constatou a dificuldade de escala enfrentada pelos profissionais que atuam no plantão. Em uma das datas, somente um médico plantonista ficou responsável pelo atendimento telefônico durante três horas seguidas (das 7h às 10h). Dessa forma, aumenta o risco para os pacientes que procuram o serviço.  O Simers também tomou conhecimento de que os profissionais encontram falta de condições de trabalho e, muitas vezes, precisam trazer insumos de casa para o dia a dia. 

“A falta de profissionais para os plantões está colocando em risco milhões de pessoas. Além disso, as condições de trabalho não geram incentivos para a permanência de profissionais, gerando uma espiral de desassistência”, afirmou Peterson.



SEGUROS