Defesa

Precarização da saúde na Zona Sul do Estado é debatida em reunião entre Simers e deputado Fábio Branco

17/07/2020


A preocupação com a precarização na área da Saúde em municípios da Zona Sul do Estado, por meio das terceirizações súbitas, foi o tema de uma reunião nesta sexta-feira (17) entre o Diretor de Interior do Simers, Fernando Uberti, e o deputado estadual Fábio Branco (MDB). O deputado, que tem um trabalho focado naquela região, comprometeu-se a contribuir com o debate e reforçar a interlocução entre o Simers e as prefeituras de alguns municípios.

No encontro, Uberti citou o caso de São Lourenço do Sul, onde a Prefeitura promoveu uma súbita terceirização de parte dos serviços de saúde da cidade, no ano passado, sem qualquer diálogo com a categoria médica e priorizando a contratação de profissionais de fora do município. Também falou sobre Camaquã, onde outra terceirizada assumiu grande parte da área de saúde especializada da cidade. Nesse caso, houve até mesmo aprovação por parte da maioria dos médicos, em 2019, mas, recentemente, duas especialidades médicas que ainda não haviam passado pelo processo de terceirização tiveram sua atuação rompida, havendo contratação de outros médicos por parte da empresa contratada. 

“Em alguns momentos os médicos consideram a terceirização um avanço, na forma da melhoria de vínculos e remuneração, mas precisamos resguardar a segurança dos médicos em casos distintos. Muitas vezes eles têm um vínculo de longa data com os municípios, perdem direitos trabalhistas e são retirados de suas funções para dar lugar a médicos de outras cidades, sem o mesmo vínculo com as populações. Temos que ter mais sensibilidade, se trata de respeito aos profissionais e de uma assistência com maior proximidade na relação médico-paciente”, afirmou Uberti.

O deputado Fábio Branco disse que está à disposição do Simers para colaborar na busca de soluções para os impasses que estiverem ocorrendo e viabilizar interlocuções com os Poderes Públicos locais.

SEGUROS