Na Defesa

Sindicato Médico segue atuando pelo resgate do HPS de Porto Alegre

12/07/2019

Falta de equipamentos básicos, salas de isolamento inadequadas, setores fechados por falta de profissionais como o de coleta do banco de sangue, equipamentos estragados há mais de dois anos e estrutura física precária. Esses são apenas alguns dos problemas no Hospital Pronto Socorro de Porto Alegre, constatados pelo Simers, que retratam o cenário caótico da casa de saúde, que atende não apenas a população de Porto Alegre mas cerca de 20% da do restante do Estado. O Simers, que vem atuando fortemente para resgatar o HPS, apresentou dados de um dossiê sobre o hospital nesta quinta-feira (11), na Frente Parlamentar em defesa do HPS, liderada pela deputada Sofia Cavedon. Varias instituições receberam cópias deste dossiê inclusive a Secretaria Municipal da Saúde. Entretanto, o Sindicato não obteve nenhum retorno da SMS. Entenda mais sobre o assunto na fala da diretora da Região Metropolitana do Simers, Alessandra Felicetti. 

SEGUROS