Defesa

Simers segue monitorando a situação do Hospital São Lucas da PUCRS

25/03/2020

Residentes, médicos e professores realizaram manifestações em frente ao HSL

Residentes, médicos e professores realizaram manifestações em frente ao HSL

O Simers está atento à ameaça de fechamento da unidade materno-infantil do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL). Ao obter informações sobre a recente dispensa de dois profissionais que prestam atendimento neste setor, a entidade médica foi em busca de esclarecimentos. Até o momento, no entanto, não recebeu qualquer comunicado formal sobre as reais intenções da União Brasileira de Educação e Assistência (UBEA), mantenedora da instituição de saúde, mas já acionou o Ministério Público (MP) para cobrar do hospital esclarecimentos aos médicos e à população que precisa da assistência deste serviço.

Desde que soube da intenção de exclusão da unidade, o Simers busca informações e realiza mobilizações para evitar o fechamento. O presidente do Simers, Marcelo Matias, e diretores da entidade já estiveram por diversas vezes na instituição em conversa com a categoria, na tentativa de negociação com a direção e na busca de esclarecimentos às situações constrangedoras envolvendo profissionais e gestores.
Sem sucesso no empenho para diálogo, a entidade médica denunciou ao MP e à imprensa o possível desmantelamento do hospital.

O presidente do Simers reuniu-se com estudantes e professores da PUCRS

O presidente do Simers reuniu-se com estudantes e professores da PUCRS

SEGUROS