Defesa

Simers denuncia negligência de gestores durante a COVID-19

06/04/2020

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) recebeu, nesta segunda-feira (6/4), denúncias de que profissionais da saúde que atuam na Capital e Região Metropolitana com suspeitas de contraírem a COVID-19, causada pelo coronavírus, foram mantidos em suas escalas. Para o presidente da entidade médica, Marcelo Matias, essa situação é inaceitável. “Os gestores precisam estar cientes de que afastar os casos suspeitos protege os saudáveis e garante a assistência à população", afirmou.

O dirigente defende o afastamento, a realização de testes rápidos e a adequação dos profissionais nas escalas. 

Acompanhe, no vídeo, a manifestação do presidente do Simers:



SEGUROS