A Luta

Preocupado com o Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul, Simers protocola ofício junto ao Ministério Público

12/07/2019


Foto: Simers/Divulgação
Foto: Simers/Divulgação

O cenário do Pacs (Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul) segue caótico, principalmente na ala psiquiátrica, onde o Simers registrou superlotação, mais de uma vez neste ano.  Durante vistorias, a entidade médica constatou pacientes dormindo em colchonetes no chão, adolescentes alojados em consultórios, além da falta de estrutura para atender, incluindo o número insuficiente de psiquiatra na escala, fazendo com que um plantonista atenda sozinho. Por conta disso, o Sindicato Médico, representado pela diretora da Região metropolitana, Alessandra Felicetti, se reuniu na última quinta-feira (11), com o promotor de Justiça Mauro Luís Silva de Souza, e protocolou, junto ao Ministério Público do RS, um ofício por conta da situação do Pacs. Essas preocupações já haviam sido relatadas pelo Simers às autoridades, porém as irregularidades permanecem. 


SEGUROS