Vida

Natal na Praça leva alegria e solidariedade aos pacientes e familiares na Santa Casa

03/12/2019


Os risos e a música contagiante romperam com o silêncio característico da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, durante o evento Natal na Praça realizado no domingo (1º/12). Crianças em tratamento, acompanhantes, médicos e enfermeiros vibraram com os cantores e bailarinos do Coral Show Canarinhos de Garibaldi, que colocou o público para cantar e dançar. Com mensagens de amor e solidariedade, a Cia Lúdica encantou com o espetáculo que resgatou a magia do Natal. Foram apresentações que tocaram aos corações de todas as idades no evento promovido pela Associação dos Amigos do Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (AAMUHM) e pelo Ministério da Cidadania. “Ver as crianças dentro de um hospital, as crianças em tratamento poderem ter um momento de felicidade, um momento lúdico, um momento de prazer, foi muito bonito”, disse emocionado o presidente do Simers, Marcelo Matias.

Foi maquiada e cheia de sorrisos que a Antonella Chinasso, de oito anos, acompanhou cada segundo das apresentações para registrar em seu canal no YouTube. Ela que enfrenta o reaparecimento de câncer nos rins e a perspectiva de um longo tratamento era uma das mais animadas.  “Essa é a maneira que nós temos de investir os recursos arrecadados com a Lei Rouanet, levando um pouco de alegria e entretenimento para essas crianças que estão internadas, às vezes em tratamentos prolongados” referiu Marcos Rovinski, presidente da AAMUHM, ao destacar o compromisso social da instituição com a comunidade.  Ao que Marcelo Matias acrescentou: “esse evento é uma pequena parcela da devolução que o Museu, que os médicos e o Simers entregam para a sociedade em que a gente vive”.

Para Letícia Moraes, mãe de Miguel Moraes de nove anos, que se recupera após procedimento para implantação de uma válvula na cabeça, o fato de o menino sair do quarto já mudou o astral e melhorou o humor. O sorriso da Letícia ao lado do filho na hora da foto com o Papai Noel era um sinal de que ambos foram beneficiados pela energia positiva que se espalhou pelo hospital. “Isso tem valor inestimável, a gente chega a chorar de alegria ao ver as mães, os pais, as crianças interagindo” relatou o provedor da Santa Casa, Alfredo Englert. Segundo ele, são cerca de 200 crianças na faixa etária de zero a 17 anos internadas no Hospital da Criança Santo Antônio, com as mais diferentes patologias. Dessas, somente puderam participar do evento os pacientes avaliados e com autorização de médicos e enfermeiros.







A 8ª edição do Natal na Praça, realizada em parceria com a Santa Casa e o Simers, encerrou com mensagens de esperança e amor, e com o pedido especial do Papai Noel para que adultos e crianças sigam acreditando na sua existência para que a tradição do Natal permaneça viva.


SEGUROS