Defesa

Inep escancara contradição governamental e não antecipará lista de avaliação do Enade

29/10/2019


Sentimento de frustração foi o que sobrou nesta terça-feira (29), em Brasília, após a reunião do diretor do Simers, Vinicius de Souza, e da presidente do Núcleo Acadêmico Simers, Bruna Favero, com a Coordenadora-Geral de Controle de Qualidade da Educação Superior do Inep, Fernanda Marsaro dos Santos. Conforme foi exposto, o Instituto não vai antecipar a data do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e tampouco a entrega da lista da relação de estudantes em situação regular. 

Na prática, isto impedirá os médicos que se formarem em dezembro de atuarem até que a lista definitiva seja entregue, cuja previsão é para o mês de janeiro. 

"A culpa do caos burocrático de nosso país tem que parar de incidir sobre o estudante de Medicina. É o cúmulo da contradição o médico formado ser impedido de exercer sua profissão, mesmo após tantos árduos anos de graduação", destacou o diretor Vinicius. 

Representando os acadêmicos, a presidente do NAS criticou a decisão. “Sonhamos durante anos com o dia em que receberemos o grau de médico, lutando muito por isso, cada um com sua história e suas dificuldades. O governo privar os novos médicos de ingressar no mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que são lançados programas que pressupõem justamente a falta destes profissionais, mostra não só desrespeito, mas uma tremenda incoerência”, disse Bruna. 

Veja a posição do Simers diante da negativa do Inep em antecipar a relação de estudantes em situação regular do Enade:

Simers quer garantir o exercício da profissão

O Simers oferece assessoria jurídica aos formandos que quiserem ajuizar ação para tentar garantir a expedição dos diplomas até as datas das cerimônias de colação de grau. Para isso, basta entrar em contato com a Assessoria Jurídica da entidade pelo telefone (51) 3027 3737.


SEGUROS