Defesa

Ignorando decisão da Justiça do Trabalho, prefeitura de Porto Alegre mantém demissões no Imesf

23/01/2020

Contrariando determinação da Justiça do Trabalho, a prefeitura de Porto Alegre deverá manter os processos de demissão dos trabalhadores do Instituto de Estratégia de Saúde da Família (Imesf).

A decisão do executivo municipal foi anunciada na tarde desta quarta-feira (22/1), durante audiência de conciliação realizada no Tribunal Regional do Trabalho. O Simers participou do encontro, representado pelo seu diretor Filipi Becker. Também estiveram presentes representantes do Sindsaúde, Sindicato dos Odontologistas do RS (Soergs) e Sindicato dos Enfermeiros do RS (Sergs).

O prosseguimento das demissões desrespeita decisão liminar proferida pelo juiz do Trabalho Marcos Rafael Pereira Pizino que estabeleceu interrupção das dispensas até que se obtenha uma solução definitiva para a situação do Imesf.

Acordo coletivo prorrogado

Também nesta quarta-feira (22/1) foi realizada uma audiência de mediação no TRT que garantiu a prorrogação das cláusulas do acordo coletivo referente ao período 2017/2019 até a próxima data-base da categoria. No caso dos médicos, o acordo permanece segue até julho de 2020.


Em audiência de mediação no TRT foi garantida a prorrogação das cláusulas do acordo coletivo  até a próxima data-base da categoria
Em audiência de mediação no TRT foi garantida a prorrogação das cláusulas do acordo coletivo até a próxima data-base da categoria


SEGUROS