Defesa

Faltam ações de contingência

29/06/2020

Após 90 dias da pandemia do coronavírus e prática da quarentena,ações de prevenção e trabalho intenso dos profissionais da saúde no combate à Covid-19; gestores de instituições de saúde e governantes tentam, erroneamente, acusar os  médicos, como um impedimento para disponibilidade de leitos em hospitais. Faltam sim, ações de gestão para contingência dos problemas já previstos para esse período, o inverno.

O Simers repudia com veemência justificativas infundadas e a responsabilização aos médicos, quando há uma necessária atitude de gestão. Os médicos fazem o seu trabalho: cuidam da saúde das pessoas e preservam a saúde.

A disponibilidade de leitos e estrutura imprescindível para suportar a demanda e principalmente essa pandemia não pode ser creditada aos médicos e profissionais da saúde. O Simers está vigilante e desenvolvendo ações de alertas.

SEGUROS