Defesa

Campanha “Queremos Hospital São Pedro! No Coração e na Mente” é apresentada pelo Simers

14/08/2020

Reunião on-line contou com a presença de autoridades e entidades médicas

Reunião on-line contou com a presença de autoridades e entidades médicas

A campanha “Queremos Hospital São Pedro! No Coração e na Mente”, de autoria do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), foi lançada nesta quinta-feira, em uma reunião virtual que contou com a presença de autoridades da saúde, vereadores e da imprensa. A iniciativa tem como objetivo destacar a importância da atenção à saúde mental e valorizar uma das instituições históricas da especialidade de psiquiatria: o Hospital Psiquiátrico São Pedro (HPSP), localizado em Porto Alegre. 

Nos seus 146 anos de história, o HPSP acolheu milhares de pacientes e é referência para 88 municípios gaúchos. Além disso, oferece leitos especializados, focados em segmentos específicos – além das crianças, também adolescentes e dependentes químicos. A manutenção do hospital envolve não só os pacientes, mas seus familiares, médicos e estudantes de Medicina. A instituição necessita de melhorias urgentes e da contratação de mais profissionais para o atendimento. 

A campanha contará com uma ação de mobilização nas proximidades do hospital, além de divulgação em outdoors espalhados pela cidade, divulgação em veículos de imprensa e para a categoria médica e representantes do Poder Público. 

O presidente do Simers, Marcelo Matias, destacou que a data de lançamento não podia ser mais simbólica, pois hoje se comemora o Dia do Psiquiatra. “Sou de uma geração onde o São Pedro era pujante mas, infelizmente, ao longo dos anos ele vem sendo progressivamente atrofiado. Precisamos preservar sua história e precisamos melhorá-lo. O Rio Grande do Sul precisa abraçar o São Pedro como o hospital abraçou quem mais necessitava de atendimento”, afirmou.

O Psiquiatra e Diretor de Interior do Simers, Fernando Uberti, lembrou que o hospital tem cerca de 130 leitos e forma muitos profissionais em Psiquiatria, com reconhecida qualificação.  Salientou que o momento atual – pandemia de Covid-19 – é de maior demanda por atendimento. “Tivemos muitos avanços, em nível federal, no âmbito da legislação, mas há anos vem ocorrendo uma desestruturação do sistema público de atenção à saúde mental, o que nos traz desdobramentos até hoje. Essa campanha quer mostrar como o São Pedro é importante na história da psiquiatria do Estado e do país, o seu impacto imenso para a população no nosso estado, e a necessidade da sociedade valorizar a importância dos hospitais psiquiátricos como um todo”, disse.

Segundo Uberti, o São Pedro é imprescindível para assistência psiquiátrica pública no Rio Grande do Sul. “Precisamos tratar as dificuldades que lá existem como uma oportunidade e uma necessidade de aperfeiçoarmos o hospital, e não usar isso como justificativa para sua redução ou para seu fechamento. Isso seria inadmissível. Precisamos do apoio da sociedade para passar um recado ao Poder Público: se o São Pedro for tocado, ele tem que ser tocado para ser aperfeiçoado”, concluiu.  

A Diretora de Metropolitano do Simers, Alessandra Felicetti, ressaltou que temas da Psiquatria também preocupam a diretoria, especialmente a situação do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PACS), que é porta de entrada em emergência psiquiátrica. “Nos preocupa a falta de leitos e a situação do PACS, onde muitas vezes vimos pacientes deitados no chão, esperando horas e dias por leitos. Por isso, essa campanha é fundamental para ressaltar a importância do São Pedro”, afirmou. Também acompanharam a reunião o vice-presidente do Simers, Marcos Rovinski, e integrantes do Núcleo de Psiquiatria da entidade.

O presidente do Conselho Regional de Medicina (Cremers), Claudio Isaia Filho, parabenizou o Simers pela iniciativa e disse que o conselho será parceiro para o desenvolvimento de outras ações da campanha. “Esse tipo de campanha não só vem em boa hora, mas se torna extremamente necessária. Contem com a gente na busca dessa recuperação do São Pedro”, disse. A diretora da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs), Niura Noro, foi outra que ressaltou a importância da ação do Simers e também colocou a entidade à disposição para contribuir. “Essa também é uma de nossas preocupações e estou muito feliz em ver essa iniciativa”, declarou. 

Os vereadores Lourdes Sprenger (MDB) e Mendes Ribeiro (DEM) acompanharam a reunião e destacaram o acerto do tema da campanha. Ambos também se colocaram à disposição para auxiliar na divulgação e em possíveis desdobramentos políticos da proposta.

SEGUROS