Defesa

4 momentos para os quais a faculdade de medicina não prepara

17/10/2016

O diploma vem após anos de estudo intenso, mas ser médico exige vivências que só ocorrem quando o profissional depara com a realidade, que nem sempre corresponde ao que se imaginava durante a graduação. Falta de estrutura adequada e a ausência de preparo psicológico para que o profissional lide com as adversidades do dia a dia logo impõem desafios a quem exerce a profissão. Conheça momentos para os quais a faculdade de Medicina não prepara:

1. Agressões de pacientes e familiares pela demora nos atendimentos



Foto: BernardaSv / iStock
Foto: BernardaSv / iStock


Quando um jovem escolhe ser médico, não espera que um dia possa sofrer agressões verbais e físicas das pessoas que se preparou durante anos para ajudar. Quando as pessoas estão gravemente doentes ou em situação de risco, algumas perdem o controle e se voltam contra o médico. A situação piora quando os pacientes e familiares percebem que o hospital ou posto de saúde não tem a infraestrutura adequada para prestar o atendimento.

2. Estipular regime de trabalho e negociar valor de honorários



médico negociação
Foto: DragonImages / iStock


Após anos sonhando com o diploma e com começar a exercer a medicina no dia a dia, o jovem médico não espera que o mercado de trabalho seja mais complicado do que se espera. Raramente um médico é empregado de uma única instituição. A carreira do médico é marcada por múltiplos vínculos empregatícios de diversas naturezas, pouquíssima estabilidade e problemas com cobrança e atraso nos pagamentos de honorários.

3. Noticiar a morte de uma pessoa a seus familiares



Foto: Dutko / iStock
Foto: Dutko / iStock


Por mais que se saiba que ao trabalhar com medicina se lida com doença e morte, ninguém nunca está preparado para contar a um familiar que seu ente querido morreu. É uma situação de extrema delicadeza e profundamente traumática. A situação piora quando se trata de pais que deixam filhos pequenos ou jovens que morrem precocemente, deixando os pais. O médico nunca deixa de se perguntar “fiz tudo que eu poderia ter feito?”

4. Improvisar atendimento por falta de estrutura, equipamento e medicação adequados



bebe garrafa pet
Médico usou garrafas pets no lugar de máscaras de oxigênio.Foto: Reprodução / TV Globo


Muitas vezes o médico depara com uma situação de emergência de alto risco, em que o paciente precisa ser atendido com urgência para sobreviver, mas não há condições e equipamento adequados. O profissional precisa escolher entre agir de uma maneira arriscada, mas que pode salvar a vida do paciente, ou não fazer nada e ver o pior acontecer.

A faculdade de medicina exige muitas horas de estudo para atender os pacientes da melhor forma possível. Entretanto, para isso, é preciso de local e equipamento adequado, é preciso ter leitos, material esterilizado, remédios, aparelhos de exame como raio-x, máscaras de oxigênio, entre tantos outros objetos.

Força para encarar tudo

força-para-encarar-tudo



Na websérie Nascidos para Medicina, obra ficcional que retrata os desafios dos médicos na luta pela prestação da saúde de qualidade no Brasil, uma menina chega à emergência gravemente ferida, e, após diversas tentativas de reanimação, é constatada a morte cerebral. Com a ajuda de Julia, Marco deve lidar com sua primeira perda e com a família da menina. Assista aqui.

SEGUROS