Defesa

Um ataque a cada cinco dias em postos de saúde do RS

16/01/2019

Mais um caso de violência no entorno de unidades de saúde foi registrado no Rio Grande do Sul na terça-feira (15). Desta vez em Porto Alegre, na Unidade de Saúde Divisa, no bairro Cristal, na zona sul da Capital.

Um profissional que atua no posto saiu ao fim do expediente e, ao entrar no carro, foi abordado por criminosos. Ao tentar fugir, a vítima foi baleada no lado esquerdo do braço. Ele não corre risco de morte.

O caso assustou os moradores das proximidades e os pacientes tiveram suas consultas transferidas. O posto está fechado e não há previsão de reabertura.  De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, os pacientes estão sendo encaminhados para a Unidade de Saúde Cristal, no mesmo bairro.  

Levantamento Simers

Este é o terceiro caso de violência registrado em 2019 no Estado – a média é de um registro a cada cinco dias. Segundo levantamento do Simers, são 103 ocorrências próximo de locais ligados à saúde – como hospitais, UPAs e UBSs – desde 2014. Em 2018 foram 15 casos no Estado, sendo nove em Porto Alegre e seis no Interior. 

SEGUROS