Defesa

Prefeitura de Torres garante veto ao PL que trata da presença de doulas na rede de saúde pública e privada

30/12/2019


Em reunião realizada na Prefeitura de Torres no dia (27/12), o vice-prefeito Fábio Amoretti garantiu ao Simers o veto do Executivo Municipal ao Projeto de Lei 0023/2019, que dispõe sobre a presença de doulas durante o trabalho de parto e no pós-parto em maternidades, estabelecimentos hospitalares e afins da rede pública e privada. Amoretti demonstrou confiança quanto ao encerramento das discussões sobre o tema. “Os vereadores estão conscientes de que foi um erro levantar esse assunto no município. Isso não vai passar novamente pela Câmara de Vereadores”. O Projeto de Lei com o veto da Prefeitura deve retornar à pauta do legislativo para análise após o fim do recesso parlamentar, em fevereiro.





Para o chefe do serviço de obstetrícia do Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, Mário Geraldo Gobbato Karl, o Simers foi assertivo ao se posicionar contrário à matéria “O hospital de Torres não tem uma estrutura física que comporte mais uma pessoa além do acompanhante na sala. Tem também a questão da função de doula que não está devidamente regulamentada. Por essa razão, o sindicato gerou a todos nós um ganho ao nos liberar dessa questão para que a medicina possa ser realizada em sua melhor forma”.  

Mesmo com o compromisso assumido pela Prefeitura em vetar o projeto de lei aprovado pelo legislativo, o Simers, ressaltou a diretora Márcia Barbosa seguirá acompanhando a tramitação da matéria até o arquivamento. "Se for preciso iremos retomar o diálogo junto aos vereadores de Torres para que seja encerrada essa questão", concluiu.

Participaram ainda do encontro, a delegada do Simers Gabriela Schuster, as assessorias política e jurídica do Simers e representantes da administração pública do município de Torres.

SEGUROS