A Luta

Médicos propõem transformar o Beneficência Portuguesa em hospital-escola

14/12/2017

A crise financeira do Hospital Beneficência Portuguesa, referência em atendimentos neurológicos, agravou-se nos últimos dias com a decisão, pela prefeitura de Porto Alegre, de rescindir seu contrato com a instituição. Dispostos a buscar uma solução, 15 médicos da Universidade Federal da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) foram à Brasília para apresentar ao Ministério da Saúde a proposta de transformar a Beneficência em hospital-escola.

Na próxima segunda-feira (18), um representante técnico do Ministério da Saúde estará em Porto Alegre. Na ocasião, ele deverá fazer uma visita ao Beneficência.

A prefeitura de Porto Alegre entende que o Beneficência não vinha cumprindo o número de atendimentos previsto no contrato - por isso, optou por rescindi-lo. Sem os repasses do município, porém, a instituição não tem honrado o pagamento de salários aos funcionários, que estão há pelo menos quatro meses sem receber. Ao mesmo tempo, o número de pacientes diminui cada vez mais. No passado, o hospital chegou a ter 180 leitos ativos.

SEGUROS