Atendimentos da Santa Casa de Uruguaiana serão interrompidos por 24 horas na próxima segunda-feira

O atendimento médico na Santa Casa de Caridade de Uruguaiana será interrompido por 24 horas a partir das 8h da próxima segunda-feira, dia 13 de agosto. A decisão foi tomada em assembleia nesta quarta-feira (08), na sede do hospital. Os atendimentos eletivos serão suspensos, mas os setores de urgência e emergência estarão funcionando normalmente.

A mobilização, que tem o apoio do Simers, tem o objetivo de alertar a população do município sobre a grave crise financeira que atinge a casa de saúde. Há falta de insumos para o exercício da Medicina, escassez de profissionais e as remunerações não estão sendo pagas há mais de seis meses. Neste ano, segundo a administração, somente 50% do salário de maio foi depositado. Os médicos reforçaram que a situação é insustentável, mas em nenhum momento haviam tomado a decisão de paralisar o atendimento.

Antes da assembleia, o administrador da Santa Casa, Fernando Siqueira, falou aos médicos que uma das possíveis soluções para ajudar a sanar as dívidas da instituição está em um empréstimo que deverá ser obtido na Caixa Econômica Federal ainda em agosto. O valor faria parte de uma nova fonte de recursos que o governo federal deverá anunciar no próximo dia 15. No entanto, os recursos somente chegariam à Santa Casa no último trimestre do ano. Ele também informou que a negociação permitiria o pagamento apenas de parte da dívida com os médicos. “Não conseguiremos pagar todas as dívidas em apenas uma única operação. Precisaremos ainda de outras alternativas”, afirmou Siqueira.

WhatsApp Image 2018-08-08 at 23.58.21

Decisão de parar por 24h foi tomada em assembleia nesta quarta-feira (08), na sede do hospital.

WhatsApp Image 2018-08-08 at 23.59.09

Administrador da Santa Casa, Fernando Siqueira, falou com os médicos.